segunda-feira, 28 de julho de 2008

Jardim d'alma...


Quando o sol na manhã pousa seus raios, nas margaridas faceiras, nas begonhas risonhas, nos amores perfeitos e flores de todo jeito, é o jardim da vida reflorescendo, na esperança de cada amanhecer.

E quando os novos brotos surgem é a natureza que agradece, como uma prece.

Aos olhos humanos, é o paraíso. Um recanto de encanto. E sentar num banco apreciar seu colorido, é ver que tudo faz sentido.

É entender que o belo foi criado e nos foi presenteado. É sentir o infinito e ver que tudo fica mais bonito, com a delicadeza da flor.

É sentir a energia do amor, a calmaria e a alegria de mais um dia. É comungar calado. É entender um jardim espelhado, que traz de volta do passado, tudo que foi plantado.



Jardim é o meu refugio de paz, é minha oração em forma de ação.

Obrigada, a todos que visitam este espaço, os comentários e às gentis palavras de incentivo.
Beijos!


11 comentários:

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Lu: Isso que vc escreveu é um poema em prosa, digno de Baudelaire! Meus Parabéns!
Estou triste, por isso fiz novo post, porque não consigo ficar parada. Talvez vc não tenha visto o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um abraço,
Renata

Milly disse...

Sabe...
Durante muito tempo cultivei violetas.
Cortava uma folha,replantava num vasinho,regava,cuidava e acompanhava seu crescimento.
Qdo brotava...Vixi!Era lindo!
Amava aquelas folhinhas pequenas,que brotavam de uma folha grandona!
Me sentia a toda poderosa...por recriar uma obra de arte!!..rs
E qdo florescia,então?
Lindas!!Majestosas!!
Hoje,lembro daqueles dias com saudade...
Uma época em que bastava replantar a folha caída...e ela se renegerava...brotava como se a poda fosse sua salvação!
Aprendi isto com as violetas...podas são necessárias...pra que nasçam outros brotos...e o ciclo da vida continue...
Podas não são o fim...e sim o início...de tudo!
.
Beijos,mulher querida...rs
Muitos!
.

O Profeta disse...

Majestosa e altivamente submissa
Uma árvore curva-se à lagoa
Encontrei um arco-íris perdido na terra
Este canto não pára até que a alma doa


Convido-te a olhar os sentires que emanam do altar do Sol


Boa semana


Mágico beijo

Anne disse...

Lindo, lindo, lindo...delicado como a sua alma! Vc é mesmo iluminada, minha querida amiga.

A imagem ficou perfeita, vc sempre escolhe coisas lindas pra ilustrar suas palavras. Aliás, depois que vc terminar o jardim, eu quero ver como ele ficou. Provavelmente lindo, como tudo o q vc faz!

Beijos, amo vc!

Fá disse...

...e ainda você tem as desfaçatez de me dizer que nada entende de poesia?? como pode me dizer que não sabe daquilo que te corre nas veias? há nas linhas e entrelinhas um chamamento, um deleite e a esperança esparramada nas letras.
eu simplesmente me convido a seguir do lado, lendo e sorvendo cada dia do presente que é estar viva. obrigada!
aah! minha parceirona querida!!
eu sabia que a sintonia não estava apenas no campo das possibilidades e vivências, ela está também na poesia que da alma emana.
te gosto demais.
um beijo pela tarde.
.

Be disse...

Quanta coisa tinha perdido, mas com o tempo as recuperei...
Lindo menina
beijos

Lu disse...

Olá Milly...ahã, podas são fundamentais.
Renovação, né mesmo?

Obrigada!
Sempre com comentário bacana e um novo ponto para me repassar...rss
Querida és tu!
Beijos, muiiiitos!

Lu disse...

Be!!!
Senti sua falta, senti sim!
É muito bom tê-la aká também, viste?
Porta sempre aberta, tá?
Te gosto muiiiiiito!
Beijos!

Fá disse...

___bendita veia...
(olha bem eu disse veia...tá?)
que por ela verte poesia.
.
bendigo o encontro traçado lá, nosso. a cada dia tenho mais e mais certeza dos traçados.

beijo pela tarde.

Leonardo Curcino disse...

vc escreve prosa em versos. acho tao bacana isso. sinto influencia de clarice lispector nos seus textos. estou errado?
^^

Leonardo Curcino disse...

entao é melhor do que eu pensava ja que suas influencias sao diversas. tambem sou assim... minhas influencias sao varias. nao tem um autor especifico, mas busco inspiraçao lendo varios autores, no cotidiano, no trabalho, na rua, no meu quarto, etc.

a proposito... vc é de onde?