domingo, 6 de julho de 2008

Almas que se amam...


Quando almas se amam nada é maior, nem vidas apagam o seu desejo de reencontro... Definir tais laços com palavras torna-se muito difícil, mais fortes que os laços sangüíneos, os laços espirituais, transcendem o tempo e vidas e se aproximam de uma forma única!

Que força estranha, que mistério profundo, que magia em nossa criação, que nos faz tão necessitados de nossa outra metade.

Quando me perguntava de como seria a pessoa que buscava, não sabia explicar. Sabia somente que não havia encontrado, mas que um dia o acharia!


Eu e minha alma, por muito tempo sofremos, não entendia sua necessidade, mas minha alma, sabedora de sua existência, clamava sua presença... Era como se o ar que eu respirasse não enchesse meus pulmões, faltava literalmente um pedaço de mim!

Com uma saudade imensa, algo que me fazia ao mesmo tempo rir... Pois me dividia em duas, olhando para mim mesma que chorava, e perguntava: mas saudade de quem? Ah, como poderia responder? Queria traduzir em palavras de forma consciente, tamanha necessidade de tê-lo, mas não encontrava, não existiam definições plausíveis dentro de meu vocabulário que traduzissem a profundidade infinita de meus sentimentos... Partir dessa vida sem tê-lo junto a mim, era um desperdício de uma existência...


Beijos a todos que visitam este espaço!


Imagem: Getty Images

12 comentários:

Betin@ disse...

Bom Dia!!!
será que existe Alma Gemea???
se existrir ainda não encontrei a minha ainda....e não quero partir sem encontrar.
Beijos ...e uma linda semana

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Almas que se amam... e parei aqui por uns 5 minutos. Voltei à realidade. Acordei bem e fiz uma resenha sobre um filme que está em cartaz em São Paulo, mas cujo DVD importei porque não posso sair. O título em português é A Outra. É sobre o triângulo "amoroso" entre Henrique VIII, Ana Bolena e Maria Bolena,a irmã de Ana, cuja existência eu ignorava até ver o filme.
Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,
Renata

Anônimo disse...

Quando almas amam, entendemos o universo...já não há fronteiras, já não ha tempo, já não ha espaço...quando almas amam se aproximam de Deus!
( A flor é uma tulipa africana. )
Bjo
Carinho
Filó

Fá disse...

____tentei por vezes deixar um comentário, porém sem sucesso, mas como para tudo há um propósito, venho agora, depois de uma conversa nossa, e quero deixar aqui registrado uma confissão: na verdade não tinha lido esse texto, quando escrevi o do refúgio, sim!! o que prova, se é que isso precise de provas, que estamos em sintonia no mesmo rumo das nossas almas.
__sim, amamos almas. e a nossa metade vaga na mesma freqüência. a ponto de acordarmos, e a sensação é nítida de que estivemos juntos (almas nossas). lendo seu texto, me vi nele buscando minha alma que se inquieta por esquinas desse mundo, que por tantas vezes recolho tentando sarar as feridas.
aquelas mais doloridas, com meu carinho, meu amor, meus cuidados.
ah! parceira, não enxergo o teclado...

Milly disse...

Hoje,como que por encanto ..estou calada..
Tem um nó aqui,sabe?
Me sufoca..
Perdi o sono..rolei na cama..esta noite foi uma eternidade!
Mas,deixo meu "pitaco"..rs
Almas sempre se reconhecem...e,se por vezes,estão separadas...é pq precisavam de um tempo...pra saberem qto são importantes uma pra outra..
Elas regressam...como pássaros no verão..
.
Beijos,querida..
Muitos..
.

Anne disse...

Imagino como deva ser isso...já conversamos muitas vezes a respeito e eu espero ter o privilégio de encontrar, nessa vida, a minha alma gemea.

E tb espero ainda ve-la novamente iluminada e feliz pela presença dele em sua vida!!! Sabe que torço por isso, por vc e pela sua felicidade, sempre!!!

Beijos, minha querida e linda amiga!

uns olhos... disse...

'
ousando um comentário...
lindo o texto, primoca, mas lendo os comentários, pensei: o que é que nos impede de encontrar a alma que nos completa? seria o desejo de encontrar tão imenso, que nos cega a ponto de não notar aquilo que está bem ao nosso lado?
deixando fluir o pensamento...
beijo
'

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Já que não posso ficar sem fazer nada, senão olho no espelho e me vejo magricela, 39 quilos, por causa da quimio, resolvi fazer algo aqui. Enquanto coleto material para "Bonequinha de luxo", postei sobre o filme "Sombras de Goya" que em Portugal ficou como no original "Os Fantasmas de Goya". Apareça por aqui:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com
não há ponto depois de www
Um beijo,

PS: Traduzi um soneto de Shakespeare e pus no post
Já que não foi no "A Outra" que, confesso, se esgotou em dois dias, vá nesse, minha querida

Lu disse...

Betin@!
Se não quer partir sem encontrar, é pq acredita...rss
Torço pra que encontre!
Beijos, volte sempre, te gosto miiiiiiito!!!

Lu disse...

Milly!!!
Estas a garantir? rsss
Ó lençol aká a disposição, viste?
Beijos, muiiitos!!!

Lu disse...

Fazinha...
Feliz que tenha gostado.
Emoção nos toma, sintonia sim!
Tenho me emocionado nos últimos dias, com palavras e frases ...
Com o simples, com a magia de momentos tão belos e gratificantes...

Volte sempre.
Beijos, menina que gosto!

Lu disse...

Uns...
Ah, não sei.
Mas já comprei armação para um óculos, falta só as lentes.
Quero enxergar, perto e longe...rss

Beijos, volte sempre!