quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Oi andarilho, olha o trilho...


Um homem anda pra frente, as águas correm para o mar, se ontem não volta e se a porta esta fechada, é hora de seguir a estrada...

Pisa neste chão, mas não deixa de olhar o céu... Veja aquela nuvem com seu formato, que parece de fato, o que você quiser...

Caminhe, mas não esqueça de descansar, de apreciar a paisagem, a beleza das flores de mil colores.

Farta-te com o alimento, mas sinta seu sabor...Lembre-se, que está impregnado de esperança de quem planta...

Viva o instante, partilhe momentos... Não deixa cair no esquecimento o teu sonho.

Que a luz que emanas, seja a razão ao encontrar a quem amar... Não prolongue o que tem que acabar, não fique no mesmo lugar se assim não precisar... E o abrigo agradeça, mesmo que a esse lugar não pertença...

Pelas lonjuras, por onde andar e por tudo que encontrar, aprecie sua beleza, sinta intensamente, gaste o sapato e siga de fato o caminho que melhor achar...


Mas não faça nada, que seu coração não mandar!




Beijos, para todos que visitam este espaço!



Imagem: Alba Luna-Olhares.


11 comentários:

Milly disse...

Este é o segredo da felicidade...fazer o que o coração mandar..
Não deixar que digam o que deves ou não fazer.
Não deixar que determinem por onde deves andar...ou com quem...ou como.
Seguir os próprios passos...ouvir seus próprios conselhos..
.
Beijos...muitos!
.
.

Lu disse...

Hum rum...
Aos poucos vamos nos descobrindo e nos conhecendo, né mesmo Milly?

Beijos, muiiiitos!


Ah, lembranças pro Francisco, Maria e toda a filharada...rsss

uns olhos... disse...

__

sábias palavras, primoca querida!

atentar, ouvir e obdecer ao que o coração diz, é ouvir e acatar a vóz de Deus falando conosco.

aí está o segredo de tudo.

muitos beijos!

__

Véu de Maya disse...

Amei, Lu...teu texto quer dizer a beleza do caminho...e a fruição pura dos sentidos, sabores, cheiros, cores e...que nele se desdobram deliciosamente...

bjinho pra vc

véu de maya

Oliver Pickwick disse...

Há sextantes, astrolábios, bússolas, GPS. Mas nas latitudes e longitudes da alma, nenhum instrumento é tão preciso quanto o coração.
Um beijo!

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Sigo sempre o que algo dentro de mim amnda, não sei o que é.
Lu:
Postei no Galeria. É uma postagem que me dá orgulho. Gostaria que vc fosse apreciá-la e que deixasse a sua opinião. Mas é no Galeria, se vc quiser ir aos outros Blogs, vá depois.
Um abraço,
Renata

Lu disse...

Uns...
Obrigada pela visita!
Ahã... concordando com você.
Volte sempre, beijos!

Lu disse...

Luis!
Quem dera tivesse eu inspiração e a forma de escrever tão lindamente quanto você...
Beijos!

Lu disse...

Querido amigo Oliver!
Já era tempo de sua volta..rss
Instrumento precioso, sim!
Beijos!

Lu disse...

Renata!

Prometo visitar, sim.
Beijo!

«« ڱemöґïvö »» disse...

Resumindo.... Carpe diem! ^^
Como é bom suas doces palavras novamente. Tranquiliza-me tanto quanto uma leve brisa no rosto.
Beijo

Ray