domingo, 29 de agosto de 2010

Fragmentos_III


E renasce mais um dia!

E com ele, as percepções mescladas às legendas de minha essência... Extraída da furna funda que abriga minh’alma, nestas horas calmas...

Equivalente ao tempo e a dualidade... Entre o não palpável, mas presente. Junto, mas distante. Inacabado, mas compreensível. Transitório, mas marcante.

Então, como negar que o vi bem ali, a poucos passos de mim?

Descortinando em lentos movimentos, os fragmentos desta curta cena, revividas em contrapartida ao momento recordado, tal um bordado, caseado ponto por ponto, enredado por laços, fios, e flores, que se mesclou ao paraíso que resido... Tal o espinho que protege a rosa, zelo essa imagem bela, como sentinela em seu posto.

Dirias que estou a embalar utopias?

Olhando além do que é visível aos olhos, percebi quando o abracei que não o abracei só, abracei-o com o tempo... Aquela estampa de ontem, parecia o próprio tempo pendurado na história. Porque não foi o presente, tão pouco uma lembrança do passado... Poderia omitir, mas não negar, esteve ao meu lado!...

Então, permaneço estendendo minhas mãos para poder o tocar, entre brumas do infinito...

Fim!

*♥*•. ¸¸. •*♥*•. ¸¸. • *♥*•. ¸¸. •*♥*


Wikipédia, a enciclopédia livre:Dualismo, ou dualidade foi uma doutrina estabelecida por René Descartes e Christian von Wolff quem primeiro utilizou o conceito em sua concepção moderna, segundo o qual "é o sistema filosófico ou doutrina que admite, como explicação primeira do mundo e da vida, a existência de dois princípios, de duas substâncias ou duas realidades irredutíveis entre si, inconciliáveis, incapazes de síntese final ou de recíproca subordinação.


7 comentários:

Dil Santos disse...

Lu querida, como está?
Menina, o tempo ao mesmo tempo que pode ser bom, torna-se cruel as vezes.
Sempre apaixonado pelo vida menina, rs
Bjos

Quasímodo disse...

Lu, de fragmentos em fragmentos, formamos o todo que somos.

Boa semana, amiga.

Inside Me disse...

lu, como vai? tocar as brumas do infinito parece surreal, mas a gente tenta né nao? ;D

Lu disse...

Dil, estou bem.
Ah, esse tempo!
Beijos!

*♥*•. ¸¸. •*♥*•. ¸¸. • *♥*

Quasimódi...
É, fragmentos que revelamos por vezes, né?
Beijos!

*♥*•. ¸¸. •*♥*•. ¸¸. • *♥*

Inside...que bom tê-la aqui!
Tentamos...-;)

uns olhos... disse...

olá, cumadre!

já que você não aparece ali, eu vim aqui matar um tiquinho da saudade!
mas cadê o mate?
ó, cumpadre tá chegando... ehehe

beijão, lindoca

uns olhos... disse...

olá, cumadre!

já que você não aparece ali, eu vim aqui matar um tiquinho da saudade!
mas cadê o mate?
ó, cumpadre tá chegando... ehehe

beijão, lindoca

Vieira Calado disse...

Vim dar uma olhadela....

Beijinho